Qual a diferença entre segunda licenciatura e complementação pedagógica?

Hoje em dia há muitas dúvidas sobre a diferença entre a segunda licenciatura e a complementação pedagógica. Afinal, o que seria cada uma delas? São dois nomes da mesma coisa?

Nesse artigo, iremos esclarecer tudo o que você precisa saber para nunca mais ficar na dúvida.

Vamos começar!

Qual a diferença entre Bacharelado e Licenciatura?

O bacharelado tem seu foco na formação de profissionais para o mercado de trabalho, empresas, negócio próprio ou mesmo a carreira acadêmica como pesquisador. Com isso, sua estrutura é voltada para o preparo e inclusão dos alunos nesses ambientes.

A licenciatura, por outro lado, tem seu foco na qualificação do profissional para a sala de aula, para ser um exímio professor. Isso tanto na rede pública, quanto na privada.

Dessa forma, o curso de licenciatura tem sua parcela de estudos teóricos sobre a disciplina escolhida, assim como sobre as habilidades de se lecionar em sala de aula, como didática, psicologia da educação, fundamentos da educação, práticas pedagógicas etc.

O que é a segunda licenciatura?

A segunda licenciatura é um curso de curta duração feito para formados em licenciatura que desejam ampliar suas disciplinas em sala de aula. Isso significa que o mesmo professor poderá dar aulas em mais matérias, seja na mesma instituição que trabalha, como em outra.

Essa prerrogativa foi estipulada pelo MEC como uma forma de sanar a carência de professores no setor educacional. Dessa forma, mais profissionais poderiam atender a demanda e, de quebra, garantir uma renda extra.

Esse processo foi regulamentado em 2015 pelo Conselho Nacional da Educação (CNE), permitindo que as instituições de ensino superior pudessem criar cursos voltados para esse fim.

A característica principal da segunda licenciatura é sua duração. Como ela aproveita a primeira formação do professor, esse curso foca nos conhecimentos específicos da nova matéria. Mas vale ressaltar, a duração varia conforme a instituição de ensino e a área de conhecimento. No geral, a carga horária fica em torno de 800 a 1200 horas/aula. Representando um ano a um ano e meio.

Quem pode fazer a segunda licenciatura?

Pessoas formadas em licenciatura podem fazer esse curso. Com ou sem experiência em sala de aula.

A Segunda Licenciatura oferece um Diploma ou Certificado?

A segunda licenciatura é um curso de nível superior, então é um diploma de conclusão de curso. Mas para isso, é preciso sempre verificar se a instituição que oferece o curso é reconhecida apelo MEC. Isso também garante que sua habilitação terá validade por todo o Brasil.

Vantagens da segunda licenciatura

  • Carga horária menor que de uma graduação convencional;
  • Crescimento Profissional;
  • Regularização caso o professor esteja dando aula fora da sua matéria de formação;
  • Renda extra;

O que seria complementação pedagógica?

A complementação pedagógica é um curso cujo foco é permitir que bacharéis ou tecnólogos possam adquirir um diploma de licenciatura para lecionar em sala de aula.

Ela também é conhecida como formação pedagógica para graduados não licenciados, ou como R2, em referência à Resolução Nº2 do Conselho Nacional de Educação (CNE), publicada em 2015.

Assim como a segunda licenciatura, esse curso também é voltado para suprir a falta de professores nas escolas, em determinadas disciplinas e localidades, em caráter especial, atraindo por vez profissionais de nível superior de outros cursos.

Mas atenção, a formação pedagógica precisa ter ligação com a primeira graduação. Por exemplo, um jornalista pode com a complementação pedagógica dar aulas de português, no ensino fundamental, médio, educação de jovens e adultos (EJA) ou ensino profissionalizante. Assim como um engenheiro pode se voltar para licenciatura em matemática.

A duração pode ser de um a três anos, a depender da instituição e do curso pretendido. Como falamos, quanto maior a relação entre elas, melhor. Além disso, pode ser feita presencialmente ou em EAD, apenas é preciso ficar atendo ao reconhecimento do MEC.

Principais características

  • Curso voltado para pessoas graduadas em bacharelado ou tecnólogo;
  • Duração de um a três anos a depender da primeira graduação e da escolha da licenciatura;
  • O diploma tem peso de nível superior.

Quais Cursos fazem parte da Complementação Pedagógica?

Os cursos são variados, abaixo segue os principais procurados:

  • Artes visuais;
  • Biologia;
  • Educação;
  • Educação Física;
  • Física;
  • Geografia;
  • História;
  • Letras Português, Inglês ou Espanhol;
  • Matemática;
  • Pedagogia;
  • Química;

Qual é a diferença entre segunda licenciatura e complementação pedagógica?

Agora que você entende cada uma das modalidades, a principal diferença entre elas é o perfil de público para qual cada curso é direcionado.

Enquanto a segunda licenciatura é para já graduados em licenciatura. A complementação pedagógica é para bacharéis e tecnólogos.

Para cada uma delas uma dinâmica do curso diferente, assim como sua duração. Pois se leva em consideração vários fatores, como a primeira graduação e a área do conhecimento escolhida para lecionar.

O que as une é o fato de que ambas visam formar professores em diferentes disciplinas para as instituições de ensino, que se encontram com falta de corpo docente.

Conclusão

Assim esperamos que sua dúvida em relação a esse tópico tenha sido sanada e que se decidir fazer algum desses dois cursos possa se preparar e entender a dinâmica.

Até a próxima!

No Comments, Be The First!

Your email address will not be published.